Olá, pessoal! Venho hoje falar de um anime bem peculiar, Psycho-Pass, que rendeu até o momento duas temporadas e um filme.

psycho-pass-02

A história é futurística, acontecendo em um mundo tomado pelo caos da injustiça e da violência, onde os índices de criminalidade são horrendos. Dentro deste contexto, um país, o Japão, adquire prosperidade e paz através de um novo sistema adotado pelo governo, ‘Sibyl System’ (ou Sistema Sibila). Agora, a presunção de inocência e os princípios de direitos humanos e garantias são inexistentes: você é julgado por um sistema que analisa seu estado mental, revelando seus pensamentos e desejos mais íntimos e convertendo-os em uma escala de criminalidade, o Psycho-Pass. Este índice é tabelado, e se atingir determinado nível a pessoa em análise é privada de sua liberdade e fica sob custódia do Departamento de Investigação Criminal (CID).

psycho pass mygif gif

O Sistema vigia todo o país, através de câmeras e scanners espalhados pelas cidades, e a população é constantemente orientada a manter seu psycho-pass claro, ou seja, a um nível baixo. Para aqueles que sofrem alteração em seus psycho-pass, seja por nervosismo, maus pensamentos ou ações ilegais, há uma escala de ressocialização e cura identificados concomitantemente com a análise de propensão à violência. Entretanto, é possível que o tratamento não surta efeito, ou o Sistema pode considerar de imediato que não há solução, isto é, a pessoa é reconhecida como irrecuperável, e neste caso é sentenciada à morte, mesmo que não tenha cometido crime algum.

Um mundo onde você não tem o direito do livre-arbítrio, onde um sistema toma as decisões por você e você é constantemente analisado, vigiado e julgado por suas ações e até mesmo sua emoções. Esse é o mundo retratado em Psycho-Pass.

sibyl-system

Personagens e a trama da primeira temporada

psycho-pass-01

A protagonista é Akane Tsunemori, uma jovem de 20 anos tida como a melhor aluna da academia recém-integrada à polícia, totalmente otimista e desacreditada que haja uma pessoa simplesmente ‘irrecuperável’. Dentre todos os trabalhos que ela poderia escolher (de acordo com a nota, o aluno recebe opções de carreiras, podendo escolher entre elas), optou por um onde somente ela teria tal pontuação, acreditando que nesse lugar ela poderia fazer a diferença. Já podem imaginar que ela não é nem um pouco fã do Sistema e irá se impor contra ele muitas, muitas vezes.

Akane

Temos o inspetor (detetive, fica responsável por uma divisão do Departamento de Segurança) Ginoza Nobuchika, superior de Akane, aquele que podemos chamar de “representação física do sistema”. Um policial frio e leal que executa ordens sem questionamento.

Nobuchika-Ginoza-psycho-pass

No grupo de coatores (pessoas e ex-inspetores que têm seu psycho-pass acima do permitido, mas que foram integrados à polícia para fazer o trabalho sujo), fomos apresentados melhor a quatro deles. Primeiro, Masaoka Tomomi, um homem mais velho que possui uma mão protética de metal e é um veterano na posição. É um cara agradável, e o pai de Ginoza.

Masaoka

Shinya Kougami (também coator), o anti-herói da história, que recebe lugar de destaque no elenco, assim como Akane. Ele é ex-inspetor, cujo psycho-pass subiu rapidamente após a morte de seu amigo Sasayama, que foi brutalmente assassinado. Um cara misterioso com um forte senso de justiça e que duvida de si mesmo. É inteligente e esperto, além de possuir incríveis habilidades físicas. Pertencia à mesma equipe de Ginoza.

kougami-shinya

Coator Shuusei Kagari, que desde pequeno já foi identificado como um criminoso latente, estando sempre sob vigilância da Sibyl. Precisou escolher cedo entre se tornar um assassino do governo ou ficar isolado da sociedade pelo resto da vida. Por incrível que pareça, é o engraçadinho do grupo, bem-humorado e meio pervertido.

Kagari

Coatora Kunizuka Yayoi (cuidado com esse nome), fazia parte de uma banda que era autorizada pela Sibyl. O Sistema monitorava tudo que era permitido para as pessoas verem, até as músicas, já que considerava que músicas tocadas por criminosos latentes afetariam as matrizes (coeficiente criminal) de quem ouvisse. No entanto, aconteceu um incidente no qual o Departamento de Segurança invadiu o local dos shows e Yayoi foi presa por ter seu psycho-pass sujo. Logo após o ocorrido, recebeu a proposta de Kougami de se tornar uma coatora, ao invés de ir presa.

Yayoi

Analista Karanomori Shion, formada em física e encaminhada pelo governo para ser responsável pela área de saúde mental no Laboratório de Análise da Sibyl. Apesar de ser uma criminosa latente, se recusa e acha um absurdo ser tratada como tal. Concorda totalmente com o posicionamento de Akane sobre o Sistema, e deseja que ela suba de cargo para que possa mudá-lo por dentro. Tem um caso com Yayoi.

Shion

Makishima Shougo, o vilão da primeira temporada. Podemos considerar que Makishima é um visionário que deseja que a sociedade viva da sua forma mais rudimentar e pura, em que os seres humanos tenham a capacidade de decidir o que é certo e o que querem fazer sem depender de um sistema que toma as decisões por eles. Ele segue a ideologia de Platão, é conhecedor de muitas artes, e adora ler livros que falam sobre a complexidade da mente humana. Makishima possui um psycho-pass puro, ou seja, independente de suas ações seu coeficiente criminal permanecerá zerado, tornando impossível o julgamento do Sistema sobre ele. Sabendo disso, Sibyl o considera uma ameaça, e demonstra interesse particular nele.

shougo

Kasei Joshu, a superior de todos os inspetores e também o ponto de ligação entre o Sistema e eles. Sempre aparece dando ordens, tem pavio curto e exige bastante de seus subordinados. Tem um tom de misteriosa, e podem apostar que ela guarda um bocado de segredos.

Kasei-joshu

Os inspetores e coatores têm acesso a uma arma especial, que somente membros devidamente cadastrados e reconhecidos pelo Departamento de Segurança podem usar, a Dominator. Ela é usada para executar os julgamentos, de prisão ou morte, das pessoas com alto coeficiente criminal. É a única “arma” funcional no Japão, todas as armas de fogo foram apreendidas e têm seu uso proibido.

Ao longo dos episódios, os membros da polícia vão prendendo criminosos e resolvendo problemas, à medida que são introduzidos ao vilão da temporada. Então, revelações bombásticas são feitas e descobrimos que, como sempre, há muito por baixo dos panos e nada é exatamente o que parece ser. O anime vai criando uma atmosfera de tensão, como se sentíssemos o peso que o Sistema cria na sociedade. Verdades são mostradas e cada personagem precisa encontrar seu caminho e seguir em frente, mas não necessariamente unidos.

O estúdio Production I.G. retratou fielmente as sensações com uma qualidade gráfica admirável, cenários detalhados e características físicas dos personagens muito bem trabalhadas. Como esperado do escritor e roteirista Gen Urobuchi, uma das cabeças da grande obra Fate/Zero.

No fim das contas, vale a pena assistir?

shusei kagari forever sad gif

                                                     Mas é claro que vale!

SIM, MUITO! É uma história muito bem construída, com tramas cada vez maiores e personagens únicos. Recomendadíssimo! É curioso também como a pronúncia do nome Psycho-Pass se parece com Psychopath (psicopata). Coincidência?

Pra finalizar o post de hoje, deixo uma das falas da Akane, que serve inclusive para todos nós que também pertencemos a um ‘sistema’: “A sociedade certamente não é correta. Por isso mesmo precisamos viver com integridade. A sociedade é construída por cada um de nós; levando uma vida de princípios, você a guia para um caminho de virtudes.”

 

Se tiver despertado seu interesse, você pode baixar a primeira temporada aqui, ou assistir online aqui.

kagari shuusei psycho-pass gif