Pra você que andou somente dormindo nestes últimos dias, um vindouro blockbuster anunciou uma novidade no elenco. Inesperada e surpreendente – para bem, graças a Deus.

Quando Animais Fantásticos e Onde Habitam estreou, várias teorias sobre o prelúdio da saga Harry Potter foram confirmadas: tivemos a presença do bruxo das trevas Grindelwad e essa deveria ser cada vez mais maior nos próximos 4 filmes planejados. Logicamente, isso exigiria também uma ligação com a história de Alvo Dumbledore, que você conhece como o diretor de Hogwarts durante a saga do ~bruxinho.

 

Este aqui.

Pra que não está familiarizado, Dumbledore e Grindelwald eram muito amigos  durante a juventude (talvez até mais do que isso) e compartilhavam interesses no estudo e na prática da magia. A amizade acabou quando, num duelo entre os dois, a irmã do, na época, futuro diretor, foi atingida e acabou morrendo. Essa história, que tem muito mais detalhes, é explorada no livro e levemente no filme Harry Potter as Relíquias da Morte.

O trágico duelo ocorreu em 1945 – ano em que foi confirmado que se passará o último Animais Fantásticos. E quem estará lá para protagonizar esse duelo? Jude Law. Jude Fucking Law.

 

Esse cara.

Jude fará sua estreia já no próximo filme, programado para ano que vem. Britânico, seu reconhecimento como ator veio em 2000, quando recebeu indicações ao Oscar e ao BAFTA pelo papel em O Talentoso Ripley. Voltou a ser indicado à estatueta do careca dourado em 2004, por Could Montain. Também já foi considerado o homem mais bonito do mundo, se é que conta alguma coisa.

Seus papéis de destaque mais recentes foram em O Grande Hotel Budapeste (filmaço, aliás), A Invenção de Hugo Cabret e como Watson, o ajudante de Sherlock Holmes nos filmes de 2009 e 2011, em que contracenou com Robert Downey Jr.

Em algum fórum por aí, li que ele tem o “olhar bondoso” tão característico do Dumbledore dos livros. Realmente, tem sim, além de sempre entregar boas atuações. No seu canto, Jude Law é figura conhecida por muita gente, mesmo que ninguém saiba exatamente seu nome.

Quer uma curiosidade interessante? Ele foi considerado para o papel principal em Superman Returns, ainda quando o filme estava em estágios iniciais. O cara era pra ser o último Clark Kent de verdade. Em uma entrevista, contou que chegou a se encontrar com o diretor Bryan Singer e até experimentou o uniforme – e que, quando se viu na frente do espelho, percebeu que não conseguiria entregar nada de interessante no papel, deixando a bola para Brandon Routh.

E agora ele será um Dumbledore mais novo, já cheio de conflitos e segredos, em um mundo de magia e no meio de uma guerra. Um personagem tão querido, amado e até odiado por alguns – e, seguindo a lógica, ele acredita poder interpretar de maneira a adicionar ainda mais camadas ao bruxo.

Foi uma ótima escolha, isso sim.